Dia Internacional da Língua Materna na EB123 Bartolomeu Perestrelo

Palestra, debate, declamação de poesia e lanche convívio na comemoração desta efeméride nesta escola. 21-02-2015 Projeto Bau Leitura
Dia Internacional da Língua Materna na EB123 Bartolomeu Perestrelo

      Este ano quisemos festejar o Dia Internacional da Língua Materna. Calhou bem, porque estamos a trabalhar com o oitavo ano o conto “A Saga”. Neste conto, a personagem principal, um rapaz de catorze anos, foge de casa alistando-se como grumete num navio e vai bater a uma terra desconhecida. Lá, sente-se solitário e triste, fechado em concha em si mesmo, porque a Língua estrangeira forma à sua volta um círculo onde ele não pode penetrar. A partir daí, começamos a trabalhar a importância da Língua na vida das pessoas e surgiram textos maravilhosos que foram expostos no “Cantinho do Baú”.

   Vieram à escola para falar com os alunos, as Mestres Fátima Matos e Vanda Gouveia, consultoras científicas da DRE e professoras do secundário da Jaime Moniz.

    Foi um momento muito agradável. As professoras falaram da importância da Educação e trouxeram diapositivos variados. Mostraram inclusivamente fotografias e frases de Malala, a paquistanesa que ganhou o prémio Nobel da Paz e que defende a Educação para raparigas e mulheres do seu país. Discutimos porquê. Todos participaram no diálogo, porque a Língua Portuguesa é um assunto que toca a todos os portugueses.

  Depois, as professoras Fátima e Vanda colocaram exemplos de textos para os alunos considerarem se estavam escritos em “bom português”.

  Não faltou a declamação do nosso artista e poeta João José com as suas “Cartas de Amor”.

  No fim, houve bolo de bolacha e sumo e todos ficámos felizes com mais este trabalho do “Baú” para o “Baú.”

 

As dinamizadoras Dulce Silva e Sílvia Mata